Nuvens

Clouds
Lembro da época que eu era criança, quando eu ia com meu avô ao parque Villa-Lobos e andávamos de bicicleta por um bom tempo. Sinto falta da época que meu avô tinha saúde, foi ele quem me ensinou a dirigir e ele sempre gostava de me levar para andar de bicicleta. Consigo pensar especificamente em um dia que eu deitei no chão para ver as nuvens e eu fiquei por lá por um bom tempo procurando nuvens em formato de animais e coisas familiares. Passei tanto tempo vendo até que o as nuvens começaram a escurecer até encobrir o sol.
Já sentiu como se Jesus tivesse sido encoberto e você perdeu seu porto seguro? É… a bíblia relata uma situação bem literal.
Logo depois da ressurreição de Jesus, aposto que os discípulos estavam pilhados, algo do tipo: Jesus ressurgiu! Agora Ele vai sentar no trono de Israel e reinar no meio de nós! E os discípulos vêm a Jesus e lhe perguntam quando que Jesus restauraria o reino. Jesus simplesmente diz que não cabe a eles saber o que o Pai reservou e diz-lhes que eles seriam Suas testemunhas por todo o mundo por meio do poder do Espírito Santo que havia de vir (Atos 1.6-8). E depois, Jesus sobe aos céus e as Escrituras descrevem que uma nuvem O cobriu (v. 9).
Eu imagino que pelo menos um dos apóstolos se sentiu meio frustrado, eles estavam andando, comendo e se divertindo com Jesus e, de repente, Ele vai embora. Eles olham para cima e vêem o Senhor subindo e, subitamente, Ele não está mais lá, foi coberto por uma nuvem. É estranho pensar em como Jesus não estava mais lá e não podiam mais vê-Lo.
Isso só me faz pensar minha caminhada, houveram momentos que eu olhei para cima e dei de cara com um céu nublado e não pude sentir que Jesus estava lá mais. Ele parecia ter ido embora e não haveria mais nenhum rosto quando as nuvens desvanecessem. São tantas as estações difíceis da vida, tanta dificuldade e tanto sofrimento. Claro que existem momentos felizes, mas em geral a vida não é muito fácil, mas me conforto no pensamento que aqui é o mais perto que chegarei do inferno. A terra é o mais perto que os cristãos chegarão do inferno e isso só vai durar os seus 90 e tantos anos (um pouco menos se você vai muito ao McDonald’s, KFC, Burger King ou é uma daquelas pessoas que só se alimentam com comida que termina com o radical –itos: Baconzitos, Doritos, etc).
É que simplesmente é difícil olhar para cima. Às vezes eu olho para cima e não consigo vê-Lo. Não consigo saber se Ele está sorrindo porque faço o que Lhe agrada ou estou seguindo os achismos do meu coração teimoso. As pessoas mais próximas de mim já ouviram muito como me sinto frustrado e fraco por não saber exatamente o que Jesus quer de mim em questões como trabalho, relacionamentos, namoro e o lugar que Ele quer que eu more nesse globo. Ele é o meu porto seguro, mas às vezes o perco de vista porque as nuvens da ganância e do orgulho aparecem no caminho. Às vezes o perco de vista porque o pecado ameaça por uma venda nos meus olhos e pede que eu volte ao abismo.
Ser cristão é uma batalha e se você quiser caminhar com Ele, acabará sendo ferido pelas investidas do Diabo, tiros dos não-cristãos e pedras dos religiosos. Não espere sair imune como os “profetas” da prosperidade prometem. A única coisa que deve prosperar é o Evangelho de Cristo e o único número que deve aumentar é a quantidade de almas convertidas.
Pedro escreve que nesta vida nós passamos por muitas provas que fortalecem a nossa fé (I Pedro 1.6-7). Por mais incrível que pareça, Jesus permite que as nuvens o encubram para testar-nos e fortalecer-nos. Charles Spurgeon disse “há algumas virtudes suas que jamais seriam descobertas se não fossem as provações pelas quais você passa”. Há algum tempo atrás, eu passei por alguns sofrimentos e provações e não acreditava que Deus permitiria aquilo ou se agradasse com aquilo. Hoje, eu vejo como cresci por meio daquilo que pareceu ruim aos meus olhos, algo que me parecia ruim e Deus usou para o bem. Eu posso levantar as mãos e agradecer a Deus porque o sofrimento foi para o bem e eu não mudaria em nada. Só foram experiências que trouxeram para mais perto de Deus e das pessoas que estão à minha volta.
Quando as coisas estão bem, vemos tudo em preto e branco. Sabemos o que fazer, quando fazer e com quem fazer. Quando as coisas são encobertas, começamos a enxergar tudo em tons de cinza e as coisas deixam de ser claras e fáceis de discernir.
Períodos de dificuldade vão surgir, é só dar uma olhada nos Salmos e em Lamentações.
O único e glorioso conforto é a promessa que Ele volta e verei o Seu rosto. Sinto falta da casa que nunca conheci e da cidade que nunca vi.

E por enquanto, tento tirar as nuvens do caminho.

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Pensamentos

2 Respostas para “Nuvens

  1. Oi Leo! Que bom que você voltou! Quero ver logo um post sobre essa experiência na China.

    Um abraço

    Gabi

  2. Lalá

    Como eu ja te disse…até que você não tá tão enferrujado não, coiso!
    É…eu preferiria que o dia fosse sempre ensolarado….mas se fosse assim, pra que seria necessária a fé, né? Tem toda a razão.
    Don’t panic…God will show you the way, I know He will…
    Te amo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s